Alessandra Stefani e André Paterlini em frente à Catedral de Nossa Senhora de Kazan - São Petersburgo - Rússia
Descobrindo a antiga capital do império Russo: São Petersburgo

O dia estava frio, mas lindo. Nos perdemos pela Nevski Prospekt, a principal rua de São Petersburgo, e nos encantamos com o que encontramos: Catedral do Sangue Derramado, Catedral de Nossa Senhora de Kazan, restautante Kupetz Eliseevs.Veja as fotos:

Alessandra Stefani e André Paterlini na Praça Vermelha, em frente à Catedral de São Basílio - Moscou - Rússia
Conhecendo os cartões postais de Moscou

Pra quem gosta de arquitetura, Moscou é o lugar para se visitar. Andar por lá é voltar no tempo. Os prédios, conservados, têm a cara do passado. Demos um giro pelo centro da cidade, onde estão as principais atrações da capital da Rússia: a Praça Vermelha, o Kremlin e a Catedral de São Basílio. Confira:

André Paterlini e Alessandra Stefani - Mergulho com scuba - Naufrágio SATIL - Eilat - Israel 15
Um mergulho no Mar Vermelho – Eilat – Israel

O Perdidos no Mundo fez um mergulho com cilindro em Eilat – Israel, no Mar Vermelho. Vimos a reserva de Coral Beach e entramos no navio naufragado SATIL. Confira as fotos:

Alessandra Stefani se lambuzando com lama do mar morto - turismo em Israel
Boiando e se lambuzando no Mar Morto, em Israel

No meio do deserto, o Mar Morto parece uma miragem. Difícil entender porque ele é chamado de mar. O Mar Morto, na verdade, é um lago. Uma imensa mancha azul que divide Israel e a Cisjordânia da Jordânia. O que é fácil de entender é o motivo pelo qual ele é chamado de Morto. A … Leia mais …

Galera do Outlook Safaris - Acampamento Skukuza - Parque Nacional Kruger - África do Sul
4 dias acampando no parque Kruger – África do Sul

Foram dias incríveis vendo animais que antes só tínhamos visto no zoológico. Mesmo acampados no meio do parque Kruger, em Skukuza, fomos paparicados com jantar a luz de velas regado a vinho e muita gente interessante para conversar. Nosso guias nos deram verdadeiras aulas de biologia. Confira algumas fotos dessa experiência única:

Cara a cara com o Tubarão branco -Simon's Town - África do Sul
Cara a cara com o temido tubarão branco

Não sei de onde a gente tirou coragem. A gente não, né. Na verdade eu, Alessandra, porque o André já tinha comprado a ideia antes mesmo de pisar na África. O desafio me parecia assustador: ficar cara a cara com o maior peixe predador do planeta: o grande tubarão branco, aquele que tem a mandíbula … Leia mais …

André Paterlini apreciando a vista da Cidade do Cabo - Table Mountain - Cidade do Cabo - África do Sul
Table Mountain: uma das 7 Novas Maravilhas da Natureza

De quase qualquer ponto da Cidade do Cabo, lá se avista ela, a imponente Table Mountain. Uma gigante a 1086m acima do nível do mar que faz jus ao nome: de longe, a montanha parece mesmo uma mesa de tão reta que é. Lá de cima, trilhas levam à mirantes de onde se tem uma … Leia mais …

André Paterlini e Alessandra Stefani na frente do Taj Mahal - Agra - Índia
Taj Mahal: a obra mais linda do mundo já feita pelo homem

Pelo menos na opinião do Perdidos no Mundo. E por trás deste gigante de mármore branco existe, como já dizia a música de Jorge Ben, uma linda história de amor, que a gente vai contar. O imperador Shah Jahan se apaixonou perdidamente pela princesa persa Mumtaz Mahal. Os dois viveram um romance encantado e tiveram … Leia mais …

Le em frente ao Forte Amber - Índia, Jaipur
Forte Amber: cenário de gravação da novela Caminho das Índias

Foram só 20 minutos de viagem de ônibus do centro de Jaipur, mas parecia que estávamos em outra cidade. Nada de barulho, ninguém tentando empurrar coisa pra gente comprar e uma paisagem de vegetação seca, cheia de montanha. No alto de uma colina, uma construção gigantesca: o Forte Amber, erguido no fim do século XVI. … Leia mais …

Dé no esconderijo debaixo da terra - Túneis subterrâneos de Cu Chi - Vietnã
Túneis subterrâneos: a arma secreta dos vietcongues

Um mundo subterrâneo, com cozinha, quarto, hospital, sala para guardar armamentos e 250 km de túneis estreitíssimos, cavados com as mãos dos pequenos vietnamitas, de um tamanho que só eles cabiam. Uma estrutura simples, primitiva, mas extremamente eficiente. Era desse esconderijo debaixo da terra que os vietcongues faziam ataque surpresa e depois desapareciam, deixando os … Leia mais …